Associações

Christina Gadret encerra gestão no SindiRádio


A presidente do Sindicato das Empresas de Rádio e TV do Rio Grande do Sul transmitirá o cargo a Roberto Cervo Melão, que também está à frente da Associação Gaúcha de Emissoras de Rádio e Televisão (Agert)

Ao assumir a presidência do Sindicato das Empresas de Rádio e TV do Rio Grande do Sul – SindiRádio – em 2018, Christina Gadret já registrava seu nome como sendo a primeira mulher e a mais jovem presidente da entidade, assumindo-a aos 37 anos. Christina vem liderando o SindiRádio com a experiência adquirida em mais de 20 anos em empresas de comunicação – é diretora geral da Rede Pampa, um dos maiores grupos do setor no sul do país – trazendo o vigor e a energia tão importantes ao exercício da visada função. Contudo, a gestão de Christina à frente da entidade se encerra no próximo dia 27, oportunidade que transmitirá o cargo a Roberto Cervo Melão, que também é presidente da Associação Gaúcha de Emissoras de Rádio e Televisão (Agert).

Com atuação firme e pró-ativa, Christina destaca a união de sua diretoria como um dos pontos fortes de sua gestão: “Enfrentamos um dos períodos mais difíceis da história sindical e associativa no Brasil. Assim que assumi, tivemos que adequar nossas negociações coletivas à reforma trabalhista de 2017, bem como às mudanças havidas na Lei dos Radialistas, em 2018. Em 2019, tivemos a paralisação da economia em função da greve dos caminhoneiros e, em 2020, o enfrentamento da pandemia mundial da Covid-19. Tempos desafiadores nos fazem focar ainda mais em trazer soluções e alternativas às 331 empresas de Rádio e de TV de todo o Rio Grande do Sul que são por nós representadas”.

Mesmo liderando a entidade em um dos momentos mais turbulentos da história mundial, Christina faz um balanço muito positivo de sua gestão: “Renovamos nossa marca e também todos nossos canais de comunicação com nossos associados (Site, Redes Sociais e Newsletters) focando numa comunicação transparente e eficiente. Realizamos diversos eventos e seminários (presenciais e na modalidade on-line) sobre os mais relevantes temas. Aprimoramos os serviços oferecidos às empresas associadas, como a assessoria jurídica permanente e a representação da classe empresarial frente à atuação de rádios irregulares e piratas no Rio Grande do Sul, tendo ingressado com diversas ações judiciais e já obtido grandes resultados em favor das emissoras por nós representadas”, ressalta Christina.

“Nosso relacionamento com os sindicatos laborais – dos Jornalistas e dos Radialistas – foi sempre pautado pelo respeito e cordialidade, de forma que realizamos, somente neste ano, seis negociações coletivas – sendo duas emergenciais por conta da pandemia no novo Coronavírus – que certamente minimizaram ao máximo os efeitos devastadores que paralisaram a economia e afetaram de forma intensa as relações de trabalho. O combate às fake news e a exaltação do protagonismo dos meios Rádio e TV estiveram sempre na pauta da entidade”, destaca a presidente, ressaltando que o Rádio e a TV são os meios de comunicação com maior credibilidade na opinião dos brasileiros, segundo recentes pesquisas. “A internet e a digitalização da comunicação vieram para consagrar ainda mais os meios Rádio e TV, que crescem em audiência e em confiança”, acrescenta.

Encerrando seu ciclo à frente do Sindicato das Empresas de Rádio e de TV do RS, que possui 57 anos de tradição, Christina Gadret finaliza: “Tenho muito orgulho de fazer parte da história do SindiRádio e de todas as conquistas da entidade não só durante a minha gestão, como nas quase seis décadas de existência. O associativismo nunca foi tão importante e nosso Sindicato está mais forte do que nunca, defendendo e valorizando incansavelmente as empresas de Rádio e TV de nosso Rio Grande”, completa.

Associações
EBU: Digital Radio Summit 2020
Associações
Migração do AM para FM em Santa Catarina
Associações
COVID-19: ABERT e Kantar Ibope Media fecham parceria para o meio rádio
Sem comentários no momento.